Treinamento e Recursos

4 Dicas Para Você Ser Encontrado Pelas Melhores Empresas

A sua busca por emprego pode reservar-lhe boas novas quando você menos esperar, graças à reputação que você cria em torno de si. Quero partilhar consigo algumas práticas que você deve adoptar para aumentar significativamente as chances de você ser encontrado pelas melhores empresas.

1. De olho nas redes sociais

As redes sociais são as ferramentas mais populares para o recrutamento, em parte porque ajuda aos empregadores a encontrarem candidatos passivos – aqueles candidatos que não estão à procura um emprego. É imprescindível que você certifique que os seus perfis nas redes sociais estejam impecáveis. Se existe algum conteúdo no seu perfil da sua rede social favorita que possa ser uma objecção para você ganhar a simpatia do empregador, então não hesite em excluí-lo.

Também é uma boa ideia você começar a acompanhar as hashtags relacionadas ao seu sector no Twitter e Instagram. Por exemplo, se você está à procura um emprego na área de recursos humanos, seria uma boa ideia você procurar por #RecursosHumanos ou apenas #gestaodepessoas, aliado à tags como #emprego, #carreira, #recrutamento #trabalho, e outras tags relacionadas à busca por emprego.

Uma boa prática também seria seguir nas redes sociais as contas das empresas em que você está interessado em trabalhar. Muitas empresas, especialmente as grandes empresas, criaram contas apenas para esse fim, onde publicam ofertas de emprego, realizam sessões de perguntas e respostas sobre recrutamento partilham outras informações relevantes.

Adere a comunidades do seu ramo

comunidade-online

Existem várias comunidades online dedicadas a praticamente todas as áreas de trabalho. Os empregadores tendem frequentemente publicar oportunidades de emprego nesses espaços, ou pelo menos as acompanham, afim de encontrar bons candidatos. Uma boa forma de começar é procurando por grupos no Facebook ou por fóruns online pelo Google.

Esta é uma óptima maneira de criar uma rede de acesso a empregadores e futuros colegas, manter-se à par das tendências e ter acesso a oportunidades de emprego antes mesmo de irem à público.

3. Potencialize o seu perfil no LinkedIn

O LinkedIn é bem mais que apenas uma rede social convencional, é uma ferramenta poderosa para recrutar. Hoje em dia o grosso dos recrutadores e empregadores usa o linkedIn para manter relacionamentos profissionais de vários níveis. Na sua busca pelo candidato perfeito, os recrutadores provavelmente, gastam muito pouco tempo explorando seu perfil. Considerando que o recrutador médio gasta apenas 6 segundos para apreciar o seu currículo, você deve assumir que ele gasta ainda menos no LinkedIn. Portanto, mantenha seu perfil o mais conciso possível. Use números para provar o seu valor – não basta dizer que você ajudou a aumentar as vendas, diga-nos que você facturou 500.000 por ano, por exemplo.

Finalmente, certifique-se de que o seu perfil do LinkedIn e o seu currículo estejam alinhados. Se há itens no perfil online que não estão no seu currículo ou discrepância de datas, corrija a inconsistência, ou esteja preparado para explicar a diferença numa eventual entrevista.

4. Tenha referências

Referências

As referências são um método aparentemente mais confiável para empresas encontrarem novos empregados. O que isso significa para você? Bem, você definitivamente precisa reservar boa parte do seu tempo construindo a sua rede de contactos. Além disso, é bom ter em mente que não importa onde você esteja hoje na sua carreira. As pessoas com quem você se relaciona hoje podem vir a ser os que ajudam lhe e irão ajudar a obter um grande trabalho amanhã.